Terapeuta Ocupacional

Promovendo Autonomia e Qualidade de Vida

Sobre

Terapia Ocupacional é a arte e a ciência de ajudar as pessoas a realizarem as atividades do dia-a-dia que sejam importantes e significativas para cada uma. A participação em uma ocupação é importante porque tem a capacidade de contribuir para a saúde e o bem-estar de um indivíduo”. (Willard & Spackman’s occupational therapy – 11th ed., 2008)

“o Terapeuta Ocupacional, em vários ambientes, avalia, cria e reorganiza rotinas e estilos de vida, recupera, amplia e torna mais acessível a participação das pessoas nos vários domínios da vida diária (cotidiano).” (CREFITO 4)

O que é ocupação?

É tudo aquilo que compõe a sua vida! Todas as atividades que você realiza (trabalhar, alimentar-se, vestir-se, brincar, estudar, etc) durante os papeis sociais que você desempenha (pai, mãe, filho, estudante, trabalhador, etc). A terapia ocupacional se importa com as ocupações/atividades que você, por algum motivo, não consegue mais realizá-las ou está com alguma dificuldade!

Seja ativo! Seja autônomo!

 

Juliana Couto Assunção

CREFITO 2127 LTT-TO

Bacharel em Terapia Ocupacional

Universidade Federal de Minas Gerais

 

Áreas de Atuação

Saúde da Criança e do Adolescente: Avalia e intervém no ganho da autonomia nas ocupações inerentes à criança e ao adolescente, tais como estudar e brincar. Auxilia no desenvolvimento “neuropsicomotor” (neurológico, psicológico e motor) saudável de toda criança e adolescente, orientando aos pais e família no que tange à organização e desenvolvimento da estrutura familiar.

Reabilitação Física: “Avalia e mapeia o território identificando os fatores ambientais e contextos que restringem ou auxiliam o processo de reabilitação na comunidade. Identifica os vários equipamentos sociais capazes de, em rede, dar suporte à reabilitação psíquica e/ou física e social. Intervém buscando minimizar o impacto de uma deficiência sobre a família. Promove a transformação das atitudes daqueles que estão no entorno da pessoa com limitação de capacidades e, via de consequência, promove a redução do isolamento e um entorno mais tolerante e mais disposto aos desafios inerentes ao processo de reabilitação. Promove a ideia de que toda pessoa, por maior que seja a sua limitação, tem um papel significativo na construção de uma sociedade.” (CREFITO 4)

Saúde Mental: “Estimula a promoção da saúde mental dos membros da família por meio de mudanças de atitudes intrafamiliares e comunitárias em relação às manifestações do sofrimento psíquico. Orienta sobre medidas de prevenção dos agravos e redução de riscos e danos, priorizando os grupos de maior vulnerabilidade (pacientes egressos de internações psiquiátricas, vítimas de violência, usuários de drogas, álcool, entre outros).” (CREFITO 4)

Saúde do Idoso: “Estimula o resgate ou desenvolvimento de atividades para manter a vida ativa, com participação nas atividades cotidianas, produtivas e de lazer apropriadas ao ciclo de vida com orientação sobre as melhores formas de desempenho das atividades para manutenção de sua saúde física e mental, podendo sugerir adequação de ambiente doméstico, rotina de vida diária e prática para garantia da autonomia, independência e convívio familiar e social.” (CREFITO 4)

Contato

  • Atendimento Domiciliar
    Belo Horizonte, Itapecerica, Formiga e Divinopolis - MG.

  • +55 31 9 9287-7942

  • jc.julianacouto@hotmail.com